Prepare-se para a demanda que a Black Friday irá trazer para a sua frota de entregas.

Palavra-chave: Black Friday, frota de entregas.

Confira algumas informações úteis para se preparar para a demanda extra que a Black Friday ocasiona para sua frota de entregas.

A Black Friday é uma data muito esperada por todos os lojistas, com o objetivo de alavancar as vendas e obter resultados significativos.

No entanto, a frota de entrega precisa ser preparada para a data, tendo como objetivo que a experiência de seus clientes seja a melhor possível, mesmo comprando em período promocional.

Muitos consumidores estão tendo o primeiro contato com a empresa e todos os clientes precisam receber os produtos que esperam, dentro do prazo acordado.

Elencamos algumas dicas para aplicar em seu negócio e se preparar para a Black Friday.

🟠 Prepare a sua frota de entrega para a Black Friday.

É muito importante preparar a sua frota para entregar todos os pedidos com a máxima agilidade. Para tal, é interessante olhar seus relatórios de anos anteriores e períodos promocionais.

Observe qual é a média do volume de pedidos, quais são os itens que mais saem e quais regiões demandam maior número de entregadores atuando.

Com as estimativas baseadas nas vendas anteriores, torna-se mais fácil organizar a sua frota de entrega para que a equipe seja assertiva e consiga cumprir os prazos acordados com os clientes.

🟠 Faça um planejamento completo de vendas.

Para vender muito na Black Friday e necessitar de uma boa logística de entrega, será necessário planejar todo o evento.

Quais produtos serão colocados em promoção? Oferecer descontos significativos apenas em produtos encalhados que não são o perfil de seu comprador, acaba dificultando que as vendas ocorram em grande volume. Mesmo quando o desconto é significativo em itens encalhados.

O ideal é planejar seu mix de produtos, com o objetivo de atrair a atenção de seus clientes e também de seus visitantes que farão a primeira compra com a empresa durante a Black Friday.

De olho no mix de produtos que estarão com desconto na data, é preciso calcular o tempo de entrega considerando o volume alto de pedidos para serem finalizados, identificar qual a porcentagem de desconto para qual produto, conferir o estoque para disponibilizar a quantidade correta de itens para a venda e planejar a divulgação da promoção.

Tudo isso é responsabilidade da logística da empresa, que refletirá na entrega dos itens dentro do prazo. Ter a melhor frota e uma ampla quantidade de profissionais comprometidos com a entrega do produto não adianta se o pedido demora para ser finalizado e embalado para ser entregue.

Portanto, todos os aspectos precisam ser considerados e toda a logística precisará ser ajustada para que a data seja de pleno sucesso de vendas, sem ocasionar problemas com seus clientes.

🟠 Tenha um bom controle de estoque.

O período que antecede datas comemorativas que aumentam o fluxo de vendas, é marcado pela necessidade de adaptar seu estoque.

Observe quais são os produtos mais procurados em seu site, se esses produtos terão descontos e se o estoque disponível é suficiente para uma venda lucrativa.

Adapte os descontos de acordo com seu objetivo de venda, podendo oferecer promoções mais atrativas para itens que estão encalhados.

Faça um inventário e a checagem de que os produtos estão cadastrados corretamente em seu site para que possam ser vendidos em quantidade coerente.

Sem o controle de estoque prévio, é possível que a data seja marcada por erros, ocasionando uma imagem negativa da empresa no mercado.

Afinal, vender um produto que está indisponível para a entrega é, por si só, um fator que desencadeia aborrecimentos para seus clientes. Especialmente quando o consumidor acredita que fez um bom negócio e é surpreendido pela notícia de que a compra não será concluída.

O ideal é que a empresa faça toda a análise de estoque para se preparar para a data e com isso, aumentar expressivamente a demanda.

🟠 Prepare a sua frota de entregas para o aumento de demandas.

Faça uma estimativa de seus pedidos, para preparar uma frota de entregadores que seja condizente. Bem como, contar com apoio extra na logística para que as rotas de entregas sejam montadas.

De modo que, os pedidos possam ser concluídos com agilidade no setor de expedição, enviando para seus entregadores concluírem o processo o quanto antes.

Todo cliente deseja receber suas compras com agilidade. Se a logística não funciona no dia da Black Friday ou o frete está com preço abusivo, a tendência é que a performance nas vendas não seja conforme o esperado, manchando a reputação da empresa inclusive no ano seguinte.

🟠 Organize de forma eficiente o transporte de sua frota.

Mesmo quem já atua com um transporte eficiente de mercadorias, deve observar novas possibilidades para datas de maior fluxo de vendas.

Mover mercadorias entre os centros de distribuição é uma boa estratégia de acordo com a demanda de cada região.

Por isso, olhar seus relatórios anteriores de vendas no mesmo período é importante para distribuir estrategicamente os produtos em seus pontos de apoio para facilitar a entrega.

Otimizar processos com antecedência refletirá na agilidade de envio dos produtos aos clientes. Proporcionando uma boa experiência para todos os consumidores.

O que obviamente é positivo para a marca, possibilitando fidelização de seus clientes que foram positivamente afetados pela política de entregas da Black Friday.

🟠 Adquira o melhor sistema para controlar os processos de sua frota de entrega com o sistema da PRODUSOFT!

A tecnologia é uma grande aliada para se preparar na logística de entrega da Black Friday e demais datas especiais em que ocorre aumento no número das vendas.

Melhorar constantemente a sua frota de entrega depende diretamente de usar as melhores tecnologias para dar suporte ao seu trabalho cotidiano.

A Produsoft oferece o sistema ERP que te ajudará a fazer uma gestão eficiente de suas entregas. Confira algumas de nossas diversas funcionalidades:

✅ Custos Variáveis;

✅ Custos Fixos e Indiretos;

✅ Balancete gerencial da frota;

✅ Balancete gerencial por centro de custos (Grupo de veículos, regionais, filiais, operações, obras, etc.);

✅ Balancete gerencial por veículo.

E muito mais!

Este artigo ajudou você?

Deixe um comentário para nós, na caixinha logo abaixo ⬇️

Gestão de multas: o que é, e como fazer esse controle em sua empresa!

Uma boa gestão de multas é importante para reduzir gastos desnecessários, garantir a boa imagem da empresa e ajudar a ter um impacto favorável nas operações.

Palavra-chave: Gestão de multas, frota.

Introdução:

A gestão de multas é um fator extremamente estratégico para a sua empresa.

Então, você que é dono de empresas que trabalham com o transporte de veículos, ou gerencia uma empresa que possua vários veículos, ou que contrate uma frota terceirizada, precisa ler este artigo até o final.

Saiba que é possível identificar e prevenir situações que podem ser gerenciadas de modo a evitar o impacto negativo nas finanças da empresa, bem como a gestão de multas dos veículos. 

Continue conosco para aprender tudo sobre a gestão de multas e como fazer esse controle em sua empresa!

Gestão de multas: o que é?

A gestão de multas é uma estratégia usada para diminuir o número de infrações de uma frota, ou seja, um conjunto de práticas para que condutores e veículos se adequem e respeitem a legislação pertinente. 

O processo de gestão de multas visa qualificar procedimentos e melhor preparar os motoristas para evitar situações que possam acarretar penalidades e consequentemente prejuízos financeiros e de imagem para a organização.

Por que é importante fazer essa gestão de multas?

A gestão de multas permite um melhor controle sobre as despesas da empresa, inclusive as decorrentes de infrações de trânsito. Com o controle efetivo é possível identificar os veículos e condutores com maior frequência de multas e trabalhar ações assertivas para reduzir essa incidência. 

A estratégia também afasta impactos negativos na operação das empresas, evitando a apreensão de veículos, interrupção das atividades e atrasos nas entregas. 

Ao analisar ou gerenciar as multas, o gestor acaba ficando ciente de situações de condução dos veículos que possam levar às infrações de trânsito. Então, uma boa gestão de multas garante o embasamento para a tomada de decisão.

Vantagens de uma boa gestão de multas

Dentre as vantagens de uma boa gestão de multas, temos:

  • Evita a multa NIC

A multa NIC trata-se da não indicação do condutor. De acordo com o artigo 257 do Código de Trânsito Brasileiro, depois que a empresa é autuada, ela tem 15 dias para a identificação de quem é o condutor infrator.

Com uma boa gestão de multas fica fácil localizar o motorista, dessa maneira, a organização não perderá o prazo e afastará essa penalidade.  

  • Elimina custos desnecessários

Uma gestão de multas eficiente reduz as despesas e evita prejuízos financeiros. Com informações corretas, atualizadas e disponíveis, o gestor é capaz de compreender com precisão quais atitudes tomar para minimizar os riscos. 

  • Aumenta a segurança dos ativos e da imagem da empresa

A falta de gestão de multas pode acarretar no não pagamento das multas, o que representará um grande problema no momento de licenciar o veículo.

Ademais, se parado em blitz, o transporte poderá ficar retido e atrapalhar as atividades da frota, impactando nos compromissos firmados com clientes e prejudicando a imagem da marca. 

  •  Qualifica os motoristas

Uma boa gestão de multas ajuda a fazer com que os motoristas tenham uma conduta apropriada na condução dos veículos, o que gera retorno ao longo do tempo. Além disso, os motoristas se sentem mais preparados e motivados para executar seus trabalhos quando sabem que podem contar com o suporte de uma boa gestão. 

  • Aumenta a disponibilidade dos veículos

Dependendo da infração de trânsito, o veículo pode ficar impedido de circular, correndo o risco de apreensão caso seja parado durante suas atividades.

Com uma gestão de multas eficaz, o controle das irregularidades fica muito mais simples, de forma que a organização possui todas as informações necessárias para evitar a indisponibilidades dos veículos.   

Dicas práticas para fazer a gestão de multas de sua frota

Sabemos que o trabalho do gestor de frotas não é nada fácil. Dentre tantos controles a se fazer, a gestão de multas destaca-se como uma das tarefas mais importantes para reduzir os impactos das penalidades. Confira agora as nossas dicas para realizar uma gestão verdadeiramente eficaz. 

✅ Conscientize os condutores

Informar aos colaboradores a importância de seguir as boas práticas no trânsito é de vital importância para empresas que trabalham diretamente com transportes.

Realize treinamentos para reforçar comportamentos adequados às leis de trânsito, práticas de direção defensiva para evitar pontos na carteira de motoristas e reduzir a incidência de multas.

✅ Otimize o planejamento logístico

Antes da saída do transporte de sua empresa, faça um planejamento das atividades que serão realizadas, inclusive das rotas mais adequadas para o serviço.

Isso permitirá que o colaborador se prepare antecipadamente, atentando-se aos horários de maior movimento, conhecendo os limites das rodovias e tomando as precauções devidas. 

 ✅ Use um Sistema de Gestão de Multas

O controle manual é muito suscetível a erros, além disso, requer um profissional específico, com amplo conhecimento do setor para fazer o gerenciamento de multas.

Contar com ajuda da tecnologia é de suma importância para modernizar a empresa e oferecer o apoio necessário para o bom funcionamento do setor. Um sistema de gestão de multas é a solução ideal para facilitar e simplificar todo o trabalho do gestor de frotas.

Procure por uma empresa de confiança que ofereça as funcionalidades adequadas para a realidade do seu negócio.

Como a PRODUSOFT pode ajudar você? 

Se você precisa de uma ferramenta para gestão de multas, na Produsoft você irá encontrar um sistema completo e desenvolvido especialmente para o controle de frotas e transportes.

O nosso software é realmente completo, possibilitando visualizar todos os documentos relacionados às multas, desde a notificação, autuação, indicação do condutor, recursos, termos de desconto, e até o comprovante de pagamento.

Além disso, você consegue:

✅ Acompanhar os vencimentos das licenças dos veículos evitando multas e encargos.

✅ Gerenciar as multas dos veículos e os prazos permitindo pagamento com o desconto de 20 %.

✅ Indicar os condutores responsáveis pelas multas evitando o recebimento de multas por não indicação do condutor (NIC).

✅ Realizar o desconto do valor das multas dos condutores quando os mesmos forem responsáveis pelas mesmas. E muito mais!

Clique no botão abaixo e comprove a qualidade da nossa ferramenta!

Liberamos uma demonstração gratuita para você! 

Conheça as melhores práticas para administrar uma frota de caminhões!

Saiba como administrar uma frota de caminhões de maneira eficiente. 

Tanto transportadoras quanto empresas de variados segmentos que tenham frotas de caminhões podem enfrentar grandes desafios na administração de sua frota.

Por isso, é importante estar antenado com as melhores práticas de mercado para administrar sua frota com eficiência.

Confira neste artigo como fazer uma boa gestão dos veículos usando as melhores práticas.

Quais são as necessidades de uma frota de caminhões?

Uma frota de caminhões tem muitas necessidades, desde o controle de suas viagens até sua manutenção, substituição ou chamados de sinistros.

É preciso ter total controle sobre o que acontece com seus veículos para evitar perdas e até atrasos nas entregas e perda de qualidade do serviço. 

Para ter esse controle, deve-se ter conhecimento do serviço prestado, conhecendo bem a frota e fazendo uma boa gestão dos diversos aspectos envolvidos neste serviço.

O uso de boas práticas de mercado não apenas tornará o processo mais simples, como também mais eficaz, aumentando o retorno de sua frota. 

A centralização da gestão e das informações necessárias não seriam possíveis sem boas práticas que ajudem no processo decisório, melhorem os resultados e tragam os resultados mais eficientes possíveis.

Por isso, neste artigo você encontrará as principais práticas para uma gestão otimizada de sua frota de caminhões.

Por que as manutenções são tão importantes para a administração de frotas?

Um dos principais fundamentos para uma boa gestão de frotas é sua manutenção periódica.

Essas manutenções são indispensáveis para garantir a eficiência da frota, evitando desgastes desnecessários, garantindo a disponibilidade de veículos para as entregas agendadas e reduzindo desperdícios e gastos não previstos.

A manutenção da frota permite que você como gestor se programe para retirar determinados veículos de circulação de forma programada, evitando sustos e garantindo o cumprimento de prazos de entrega.

Também é por meio das manutenções preventivas que se evita quebras e problemas que podem ser ainda mais caros para a manutenção de sua frota. 

Como posso mensurar o desempenho de uma frota de caminhões?

Para uma boa gestão de sua frota, é preciso mensurar seu desempenho em diversos níveis. Isso é possível a partir de cronogramas e controles que vão permitir identificar desde o número de serviços executados até gastos com combustível e manutenção, por exemplo.

Esse controle é fundamental para entender o crescimento da empresa, além de entender em quais pontos a frota pode ser melhorada e onde pode estar havendo falhas.

Para fazer isso, é preciso ter uma visão completa das frotas, sabendo o histórico de cada caminhão, agendando manutenções periódicas, fazendo o controle da quantidade de serviços, de manutenções emergenciais, e de combustível gastos, enfim, tendo uma ficha completa de cada veículo utilizado.

Isso permite não apenas fazer o planejamento estratégico da frota, como também ter uma noção se há pontos críticos ou até mesmo mau uso dos caminhões, permitindo que tais problemas sejam sanados. 

Ter um espaço de escuta dos condutores também é uma boa maneira de ter informações que, depois de tratadas e centralizadas, permitirão ter total controle e acompanhamento do desempenho da frota.

Com isso, informações importantes serão tangíveis para quem estiver gerindo a frota, além de permitir saber informações como qual veículo é o mais adequado para determinado trajeto, qual pode estar em ponto de troca, ainda que esteja funcionando, e quaisquer outras medidas que se possa tomar para a melhor performance dos veículos.

Fique por dentro das melhores práticas para administrar a sua frota de caminhões

  • Monitore a entrada e a saída dos veículos

Tenha todas as informações de horário e saída dos veículos, registrando também quem é o condutor, destino e todas as informações possíveis para um maior controle da frota.

Isso permitirá entender como se dá o desenvolvimento das entregas e se há atrasos ou não.

  • Faça um planejamento de rotas

Definir os melhores trajetos antes de o caminhão sair do ponto de partida é fundamental para evitar estradas que possam ser perigosas, fazer trajetos mais curtos e mais eficazes, decidindo se locais com pedágio, por exemplo, são as melhores escolhas, onde pode ter desgaste desnecessário do veículo, e vários outros detalhes do trajeto que precisam ser ponderados, além de já definir rotas alternativas para que o condutor saiba suas melhores opções desde o momento da partida. 

  • Controle os custos da frota

Saiba o quanto cada veículo está gastando em termos de combustível, manutenção, seguro, etc.

Tenha total controle desses gastos para se organizar e fazer um planejamento financeiro eficaz e que evite desperdícios.

  • Tenha agilidade para resolver sinistros

Resolver sinistros de forma rápida é fundamental para evitar que veículos fiquem parados desnecessariamente.

Para isso, é preciso ter mecanismos funcionais e ágeis que permitam que a solicitação de sinistros chegue rapidamente aos responsáveis dentro da empresa.

  • Capacite seus condutores

Tenha condutores capacitados para lidar com as mais diversas situações nos veículos, seguindo as recomendações para uma condução segura e que evite desgastes fora do normal nos caminhões que estejam dirigindo.

Ter condutores cientes e praticantes das melhores práticas é essencial para a gestão de sua frota.

  • Invista em automação

Todas essas práticas de gestão de frotas podem ser feitas de forma mais simples, completa e eficaz por meio de um software de gestão.

A tecnologia vai te ajudar a gerir cada detalhe importante da sua frota, provendo informações fundamentais para seu negócio e para a gestão de sua frota! Por meio da automação, você é capaz de reduzir as tarefas manuais e assim minimizar as falhas decorrentes de erros humanos.

Tudo isso em uma interface simples e intuitiva.

Além do mais, é possível realizar a integração com sistemas externos e agilizar o intercâmbio de informações fundamentais para entender e gerir sua frota.

E o melhor de tudo é que você consegue ter uma visão completa de tudo o que acontece com a sua frota de caminhões em tempo real. 

Faça uma demonstração gratuita do Sistema de Gestão de Frotas e Transportes da Produsoft e tenha controle total de sua frota. 

Gestão de Pneus – saiba como alcançar o máximo aproveitando dos pneus de sua frota

Gestão de pneus. Quer saber como aprimorar o aproveitamento dos pneus de sua frota? Descubra as melhores práticas de gestão de pneus!

Os pneus são parte fundamental da gestão de frotas e veículos empresariais. Como tal, seu gasto pode ser imenso, sobretudo quando não são adotadas as melhores práticas para sua gestão.

Por isso, selecionamos rotinas preciosas de se manter em sua frota para fazer uma gestão de pneus eficiente, reduzir gastos e ter o melhor desempenho de seus pneus.

Qual a importância da gestão de pneus?

A gestão de pneus vai desde a escolha das marcas até a substituição e o descarte desses itens. Esse gerenciamento é fundamental para o bom desempenho dos veículos da empresa.

Se você tem uma frota e quer ter o melhor desempenho possível, fazer a gestão de pneus é primordial.

O estado dos pneus influencia diretamente na qualidade do serviço prestado, na segurança do motorista, no desempenho e na economia do veículo.

Por isso, fazer uma gestão de pneus eficaz é de fundamental importância, diminuindo até mesmo o risco de impacto nas mercadorias.

Quando feita corretamente, a gestão de pneus pode aumentar em até 25% sua vida útil, eliminando gastos desnecessários e melhorando a qualidade do serviço de sua frota.

Os custos operacionais são reduzidos e as rotinas de trabalho são melhoradas. 

Quais os benefícios de realizar a gestão de pneus?

Realizar a gestão de pneus proporciona diversos benefícios. Para começar, esse gerenciamento permite reduzir os custos com pneus, aumentando sua vida útil.

Além disso, permite identificar o momento certo para realizar as trocas, possibilitando uma melhor gestão financeira e empresarial, na qual sua empresa estará preparada para fazer esses investimentos.

Além disso, a gestão de pneus reduz o risco de acidentes e de danos às mercadorias, propiciando melhor desempenho ao veículo e melhor rolagem na pista.

Tudo isso influencia diretamente na qualidade de seu serviço e em como os clientes vão enxergar a sua marca, pois o atraso, maior custo, e danos aos produtos que a ausência da gestão de pneus pode causar é muito prejudicial à imagem da empresa.

Como implantar a gestão de pneus em minha frota?

A gestão de pneus requer organização e planejamento. Além disso, é preciso ter um mapeamento e registro claro de todos os pneus de sua frota, de modo a acompanhar seu desgaste, substituições periódicas, substituições emergenciais e até mesmo o descarte desses itens.

Confira os principais passos para implantar uma gestão de pneus eficaz em sua frota.

1. Pratique a coleta de informação

Um dos aspectos fundamentais da boa gestão de pneus é fazer uma coleta de informações relevantes, completas e aprofundadas sobre esses itens em seus veículos.

É preciso saber marcas, detalhes, frequência de troca, quando e quais rupturas ocorreram, e qual é o cronograma de rodízio estabelecido para as rodas.

Todas as informações são fundamentais para se saber em que ponto está, inclusive, deixando espaço aberto para que os motoristas compartilhem suas experiências sobre pneus, rotas, ou combinações entre pneus e veículos que possam não estar dando tão certo e gerando prejuízos em sua frota.

2. Desenvolva um planejamento da substituição de pneus

Fazer um cronograma de substituição de pneus pode ser uma excelente opção para evitar danos e dores de cabeça inesperadas.

Muitas empresas optam por substituir os pneus antes de alguma avaria, fazendo um cronograma com o uso máximo possível dos pneus antes que ele possa apresentar algum problema.

Esse planejamento de substituições evita despender tempo com consertos, reduzir custos com reparos urgentes, evitar danos durante a viagem que possam comprometer a entrega, economizar custos de reboque e de oficinas que poderiam acontecer caso o pneu apresentasse defeito no trajeto.

Apesar da recomendação genérica do tempo médio de 5 anos para troca de pneus, esse planejamento de substituição pode se basear na quilometragem rodada.

Assim, você terá dados mais personalizados e relacionados a características próprias da sua empresa, evitando sobrecarregar o pneu ou trocá-lo quando ainda pode ser utilizado.

3. Realize manutenções periódicas

Todos os componentes e peças dos veículos da frota devem passar por manutenções periódicas.

Isso permite prolongar a vida útil do transporte, detectando falhas e problemas antes que eles causem prejuízos ou danos maiores à entrega e ao veículo.

Os pneus têm alto custo e relevância em sua frota, por isso, fazer sua manutenção periódica é muito importante para acompanhar seu desgaste, identificar mal uso ou trajetos que possam ser piores, e programar a reposição conforme necessário.

4. Faça o descarte correto dos pneus

O descarte adequado dos pneus é fundamental para evitar danos ao meio ambiente.

Esses danos podem gerar não apenas responsabilização de sua empresa, como também criar uma imagem ruim para os clientes, que estão cada vez mais atentos a questões de responsabilidade ambiental.

Por isso, é fundamental buscar parcerias para o descarte adequado de pneus. Não apenas empresas de reciclagem, mas muitas outras como as do ramo de construção civil, por exemplo, podem dar uma destinação adequada aos pneus que não serão mais usados, protegendo o meio-ambiente e podendo ser até mesmo uma fonte de renda para a sua empresa.

Como obter uma gestão eficiente e confiável?

Todos os aspectos abordados acima devem ser profundamente trabalhados na gestão de pneus de sua frota.

São dados que devem ser acompanhados de perto, garantindo que o planejamento seja executado e as melhores práticas sejam adotadas para prolongar a vida útil de seus pneus.

Para alcançar a máxima eficiência em sua gestão, conte com um software completo para gestão de frotas e transportes.

O nosso sistema controla todos os fatores fundamentais para a boa performance de seus veículos, inclusive, realizando todo o controle de pneus.

Clique no botão abaixo, agende uma demonstração gratuita e comprove a qualidade da nossa solução!

Faça a gestão de pneus de sua frota com quem é especialista no assunto e garanta o melhor desempenho dos veículos empresariais.

Acompanhe nossas redes sociais, fique por dentro dos nossos conteúdos e saiba mais sobre as melhores práticas de gestão de frota!

Instagram, Facebook, LinkedIn

Aprenda a otimizar o consumo de combustível nos veículos empresariais

Você já ouviu falar sobre gestão de abastecimento? Saiba tudo sobre esse gerenciamento que vai te ajudar a otimizar o consumo de combustível nos veículos empresariais.

Se você tem uma empresa de transportes ou até mesmo uma empresa com veículos próprios, já deve ter passado algum sufoco com o constante aumento do preço do combustível.

Manter veículos empresariais pode significar um grande custo. Sobretudo, com a alta do combustível, é possível ter gastos altíssimos que podem até mesmo prejudicar o desempenho financeiro da empresa.

Como, então, manter os veículos empresariais sem ficar no prejuízo? Uma das formas de se fazer isso é por meio de uma gestão de abastecimento eficaz.

Com boas práticas, você consegue otimizar o consumo do combustível e reduzir os gastos com os veículos. Saiba o que é e como aplicar a gestão de abastecimento.

O QUE É GESTÃO DE ABASTECIMENTO?

A gestão de abastecimento é o gerenciamento dos veículos empresariais, sejam eles próprios ou não, de modo a planejar, organizar, aprimorar e acompanhar as atividades envolvidas com a frota, inclusive seus gastos e consumo de combustível.

Essa gestão permite a melhoria do bem-estar dos funcionários, envolvendo muito mais do que o gerenciamento dos recursos financeiros.

Com um profissional trabalhando na gestão de abastecimento, é possível elaborar um fluxo de processos que vão aumentar a produtividade, diminuir as despesas e alocar melhor o dinheiro, evitando erros e desperdícios.

COMO O CONSUMO DE COMBUSTÍVEL IMPACTA NA GESTÃO DE FROTA?

Com o controle de consumo, pode-se identificar quais veículos estão consumindo mais, quais são as melhores rotas e quais são os veículos mais indicados para cada serviço, reduzindo os erros e otimizando o uso tanto dos veículos quanto do combustível.

O monitoramento também permite identificar as possíveis dificuldades dos motoristas, contribuindo, inclusive, para a redução de acidentes e outros problemas indesejáveis que prejudicam a empresa, não apenas financeiramente, mas também a imagem e a relação com os motoristas.

POR QUE VOCÊ PRECISA CONTROLAR O CONSUMO DE COMBUSTÍVEL?

Ao controlar o consumo de combustível, você tem diversos benefícios. A gestão de combustível é parte de uma gestão completa de frotas ou de veículos empresariais, e a ausência desse gerenciamento tem graves consequências para a empresa que administra a frota.

Financeiramente, são vários os prejuízos. Sem a definição de melhores rotas, veículos e sem o gerenciamento adequado de combustível como um todo, sua empresa fica mais exposta a falhas, acidentes, desperdício de combustível, busca por rotas alternativas que podem resultar em mais tributos como pedágio, por exemplo, além de frustração do motorista, que ficam sem orientações claras para a boa execução do serviço.

Tudo isso tem efeitos drásticos na qualidade da atividade e no transporte que se está fazendo. Por isso, é fundamental ter uma gestão de combustíveis eficaz para manter sua empresa saudável e reduzir os gastos, riscos e problemas.

CONHEÇA ALGUMAS ESTRATÉGIAS PARA REDUZIR O CONSUMO DE COMBUSTÍVEL

Planeje as rotas

É muito importante ter rotas claras (inclusive rotas alternativas) para que o motorista esteja ciente de qual percurso seguir, pegando sempre o trajeto que vai evitar acidentes, reduzir o tempo, o gasto da viagem e melhorar a experiência do transporte como um todo.

Calibre os pneus

Você sabia que calibrar os pneus pode ter influência no consumo de combustível? A pressão correta na calibragem pode influenciar em até 20% no consumo dos veículos e ainda melhora o desempenho do pneu na pista.

Faça manutenções periódicas

Manutenções periódicas preventivas são fundamentais para evitar danos no veículo que possam deixar sua empresa desamparada por algum tempo.

Além disso, ao fazer as manutenções, você garante que nenhum problema no veículo esteja te custando mais combustível, otimizando, assim, seus gastos.

Não exceda o volume de carga permitido

O limite de carga permitido existe por bons motivos. Não só é mais seguro andar dentro do limite de carga, como também torna o uso do combustível mais proveitoso, pois não força o motor nem exige um maior gasto de combustível para suportar a carga.

Aprenda a usar o tacômetro

É fundamental que os motoristas de seus veículos empresariais saibam usar o tacômetro adequadamente.

Ao estar atento ao conta-giros, o motorista mantém a rotação dentro do mais adequado para o veículo, evitando esforços excessivos que gastam mais combustível no veículo e diminuem sua vida útil.

Tenha atenção à troca de marcha

Utilizar marchas adequadamente é fundamental para economizar combustível e prolongar a vida útil do veículo.

O uso adequado de marchas permite que o desempenho seja o mais adequado, evitando gastar mais combustível do que o necessário para que o veículo ganhe força.

Não dirija em ponto morto

Há muito burburinho em torno do ponto morto. A verdade é que essa é uma péssima forma de tentar economizar combustível que, além de não funcionar, coloca em risco o motorista e quem esteja por perto.

O carro pode não responder ao freio, por exemplo, aumentando as chances de graves acidentes. Mantenha seus motoristas informados e seja incisivo neste ponto. 

Defina uma rede de postos confiáveis

Ter combustível de qualidade é fundamental para a boa gestão.

Por isso, tenha uma rede de postos confiáveis em que o motorista possa abastecer, evitando colocar combustível adulterado, com menor rendimento e que prejudique o desempenho dos veículos.

SAIBA COMO REALIZAR A GESTÃO DE ABASTECIMENTO DE FORMA EFICIENTE

Fazer toda a gestão, monitoramento e acompanhamento de combustíveis pode ser um grande desafio. Mas não precisa ser assim! A tecnologia pode te ajudar.

Adote um sistema de gestão de frotas e transportes com o qual você possa monitorar em detalhes a gestão de combustíveis, otimizando o uso dos veículos, o consumo de combustíveis e melhorando o desempenho de seus transportes.

A Produsoft te ajuda a ter uma gestão de combustíveis sensacional! Com uma gestão eficiente é possível economizar combustível e ainda melhorar a gestão dos transportes, aproximando sua relação com os motoristas, evitando riscos, acidentes e gastos desnecessários.

Temos soluções completas para você não precisar se preocupar!

Clique no botão abaixo e agende a demonstração gratuita que liberamos para você.

Faça uma gestão de combustíveis de excelência e aprimore o desempenho e o consumo de sua frota!

Descubra como fazer um plano de manutenção de frota eficiente!

Quer fazer um plano de manutenção de frota eficiente? Descubra como criar um plano do zero e como aproveitá-lo ao máximo.

O QUE É UM PLANO DE MANUTENÇÃO DE FROTA?

O Plano de manutenção de Frota é o registro de todas as atividades de manutenção da frota em um documento que descreve a frequência, os veículos, as peças e todos os detalhes das manutenções que serão feitas, sobretudo a manutenção preventiva.

Ele deve ser um plano detalhado, com checklists e cronogramas de manutenção, reparos programados e inspeções.

Esse controle de manutenção de frota é fundamental para manter uma boa frota, evitando custos e fazendo o controle de desempenho da frota em questão.

Quer saber como fazer um plano de manutenção de frota super eficaz? Descubra neste artigo como realizar um bom planejamento de manutenção de frota.

QUAIS SÃO AS VANTAGENS DO PLANO DE MANUTENÇÃO?

As vantagens do plano de manutenção são várias. Dentre as principais, podem ser citadas:

  • Melhor planejamento para sua frota. Você saberá quando seu veículo precisará de uma parada para manutenção preventiva periódica, permitindo um bom planejamento do uso da frota e de suas entregas.
  • Melhor gestão dos custos. Fazendo um bom plano de manutenção, você será capaz de gerir os custos da sua frota, controlando para que não haja necessidade de muitas manutenções ao mesmo tempo.
  • Redução de gastos com Manutenções Emergenciais. Ao fazer manutenções preventivas, você evitará o excesso de manutenções emergenciais, permitindo que sua frota seja melhor utilizada e afastando a indisponibilidade de muitos veículos simultaneamente.
  • Faça o controle dos desgastes de veículos. Ao manter seu plano de manutenção em dia, você estará a par dos desgastes dos veículos, entendendo quais práticas são ruins, aumentando a vida útil dos veículos e evitando quebras.

COMO FAZER UM PLANO DE MANUTENÇÃO DE FROTA?

Um bom plano de manutenção deve ser detalhado, pensado estrategicamente e considerando as particularidades e demandas da empresa, além de considerar as características dos veículos e o orçamento disponível.

São muitas questões envolvidas, por isso, você pode seguir alguns passos para começar a construir seu plano de manutenção do zero.

Veja quais são abaixo.

1. FAÇA UM LEVANTAMENTO DE DADOS

Faça uma análise detalhada de todos os dados que são importantes para a gestão da sua frota e manutenção preventiva.

Considere a situação da frota, necessidades da empresa, particularidades dos veículos, quilometragem e histórico de manutenção, por exemplo.

Levante todas as informações importantes, inclusive deixando espaço para que os motoristas falem um pouco de sua experiência, o que notam na frota, desde falhas pequenas até questões maiores que eles possam levantar.

Muitas vezes, os motoristas saberão de detalhes que não estão documentados, o que torna esse espaço de fala muito importante.

Reúna todos os dados possíveis e os organize. É importante ter essa visão do todo, levantando também todas as necessidades de cada veículo.

A partir desses dados, você conseguirá definir o que falta e hierarquizar o que é prioridade para criar o seu plano de manutenção da frota.

2. DEFINA O ORÇAMENTO PARA SEU PLANO DE MANUTENÇÃO DE FROTAS

Disponibilize um orçamento específico para a manutenção preventiva de sua frota. Você pode fazer uma análise de impacto para saber o quanto economizará por isso, assim o processo decisório se torna mais fácil.

Esse orçamento é fundamental para que o plano de manutenção faça sentido, afinal, você não vai criar um plano para não executar, não é mesmo?

3. CRIE UM CRONOGRAMA E HISTÓRICO DE MANUTENÇÃO

É importante ter uma periodicidade das manutenções, garantindo que elas sejam feitas antes que um problema maior ocorra.

Além disso, deve-se marcar o histórico de manutenção, o que foi feito, de fato, além de manutenções emergenciais para ter um controle da frota.

4. DESENVOLVA UM PLANO DE MANUTENÇÃO DE FROTAS PARA CADA VEÍCULO

Cada veículo tem um histórico, uma finalidade e especificações próprias.

Por isso, o plano de manutenção de frotas deve ser especificado por veículo para que atenda a essas necessidades, levando em consideração as recomendações da própria fabricante, que deve ser consultada para que o plano seja feito de forma mais eficaz.

5. ELABORE UM CHECKLIST DE VERIFICAÇÃO

Com um checklist, você terá um maior controle de tudo o que precisa ser verificado em sua frota.

Nada deve ser esquecido na hora da manutenção para que esse momento seja o mais proveitoso possível.

Crie um checklist com todos os principais itens que devem ser verificados na manutenção, como por exemplo:

  • Pneus e rodas
  • Óleo de Freio
  • Lubrificante de motor
  • Sistema elétrico
  • Ajustes gerais

6. COLOQUE EM PRÁTICA E MONITORE OS INDICADORES

Ao fazer esse plano, é preciso criar métricas e indicadores que sejam controlados para que, a partir desse acompanhamento, você consiga tomar decisões estratégicas e acompanhar a sua frota de forma próxima.

São muitos dados que devem ser acompanhados, e é preciso manter um controle real do que está sendo feito.

Por isso, usar a tecnologia pode impulsionar o seu plano de manutenção e melhorar a gestão da sua frota.

7. FAÇA UM BOM USO DA TECNOLOGIA

A tecnologia pode te ajudar a fazer uma gestão incrível! Uma solução de gestão vai te permitir implementar um excelente plano de manutenção de sua frota.

Com um software completo, você será capaz de fazer a gestão de sua frota, com acompanhamento detalhado, plano de gestão de manutenção e acompanhamento completo de sua frota.

A Produsoft tem um software completo para a gestão de frotas e veículos, tendo um módulo específico para o controle de manutenção.

Assim, você terá todas as ferramentas que precisa para ter um plano de manutenção de frota eficiente, com acompanhamento de todos os detalhes que realmente importam para a gestão da sua frota.

Tenha controle total da Gestão de Manutenção da sua frota.

Clique no botão abaixo, faça uma demonstração gratuita e aumente os seus resultados agora mesmo.

>> AGENDAR DEMONSTRAÇÃO <<

Acompanhe nossas redes sociais, fique por dentro dos nossos conteúdos e saiba mais sobre as melhores práticas de gestão de frota!

Instagram, Facebook, LinkedIn

Confira 05 cuidados fundamentais na Gestão de Frota Agrícola

Otimize o tempo e a produtividade de sua atividade com uma boa gestão de frota agrícola. Fique por dentro dos cuidados que não podem faltar!

Palavra-chave: gestão de frota, frota agrícola

A importância da Gestão de Frota no agronegócio

Você sabia que no ano de 2020, o agronegócio representou 26,6% do PIB brasileiro? Isso representa uma grande fatia do mercado e significa que precisamos voltar os olhos para esse nicho e oferecer as melhores soluções para apoiar o desenvolvimento do setor.

São vários os veículos e equipamentos utilizados na atividade agro, cada qual com a sua função e com suas peculiaridades.

Atentar-se às manutenções e ao bom funcionamento das máquinas é uma tarefa diária e de suma relevância para o sucesso do negócio.

Diante da expressiva contribuição para o desenvolvimento do país, cuidar das necessidades e gerar inovações para o agronegócio é uma responsabilidade de todos nós.

E é nesse momento que se releva a importância da gestão de frota, a responsável por assegurar a disponibilidade e o correto uso dos veículos e equipamentos, fatores essenciais para a continuidade da atividade.

O que é gestão de frota agrícola?

A gestão de frota agrícola representa o controle e o cuidado dos equipamentos usados na atividade agro, é ela que fará o planejamento das manutenções preventivas e alertará para a necessidade de possíveis reparos.

Dentre os equipamentos que compõem a frota agrícola estão os tratores, plantadeiras, colheitadeiras, pulverizadores e até implementos que atuam na atividade e demandam tanto cuidado quanto os demais veículos.  

Com a frota agrícola bem gerenciada você tem a segurança de que seus equipamentos estarão em plena a capacidade de uso, podendo planejar-se com mais precisão e evitando imprevistos durante o processo de trabalho.

Quais os cuidados fundamentais para a boa gestão da frota agro?

Para evitar oscilações no padrão de qualidade da frota é preciso estabelecer cuidados contínuos e metódicos.

Confira abaixo os cuidados que não podem faltar para a boa gestão da sua frota agrícola.

1. Capacitação dos condutores

Certificar-se de que os operadores dos veículos agrícolas possuem o conhecimento necessário para desempenhar as atividades a eles atribuídas é o mínimo a se fazer para evitar danos à frota.

A falta de capacitação dos condutores representa um risco para os equipamentos, para os campos agrícolas e para a própria segurança dos funcionários, uma vez que o manuseio incorreto pode provocar sérios acidentes no local.

2. Atente-se às manutenções

Tenha o controle das manutenções realizadas e a realizar em cada veículo de sua frota agrícola.

Uma gestão eficiente deve registar cada evento ocorrido com os equipamentos, como a data de troca e período de garantia de cada peça. 

Além de cuidar para que as manutenções sejam realizadas tempestivamente, é necessário mensurar cada despesa gerada por elas, apenas dessa maneira será possível avaliar a performance da frota na atividade agro e planejar estratégias de melhorias.

Manutenção preventiva

A manutenção preventiva é aquela realizada com o objetivo de prevenir a ocorrência de falhas e minimizar o risco da atividade, ela é responsável por acompanhar o desempenho da frota e pela checagem periódica dos componentes como lubrificação, calibração e limpeza.

Manutenção preditiva

A manutenção preditiva é uma intervenção planejada com o propósito de garantir o bom funcionamento das máquinas.

O foco é prever possíveis falhas no funcionamento da frota e possibilitar uma ação antes que uma parada aconteça.

Essa previsão é realizada com instrumentos profissionais capazes de medir pressão, temperatura, vibração, tensão, corrente elétrica entre outros fatores.

Manutenção corretiva

A Manutenção Corretiva tem o propósito de reparar algum dano, seja ele decorrente do desgaste natural dos veículos e equipamentos ou pelo uso inadequado da frota.

3. Tenha preferência por assistências credenciadas e peças originais

Sempre que necessário realizar a substituição de peças, procure por assistências técnicas credenciadas e peças originais.

Esse cuidado contribuirá para o melhor desempenho e aproveitamento da vida útil da frota.

4. Use pneus adequados

Os equipamentos não estarão em sua melhor performance se não estiver com os pneus corretos e adequados para os campos agrícolas.

Os pneus radiais são os mais recomendados para as atividades agro, eles conferem melhor aderência aos solos agrícolas e contribuem para a redução no consumo de combustível dos equipamentos.

5. Controle o consumo de combustível da frota

O combustível é um dos principais custos da frota agrícola, logo, o controle desse consumo é de extrema importância para a eficiência da gestão.

Além disso, quando realizado da maneira correta, o controle de abastecimento pode resultar em uma redução de custos superior a 15%.

Por meio do gerenciamento do consumo de combustível é possível controlar tanto os abastecimentos externos e internos, como os de comboio.

Assim, você consegue saber o quanto cada veículo está consumindo e realizar um planejamento financeiro muito mais preciso.  

Um jeito muito simples e eficiente para controlar o consumo de combustível da frota é utilizando um software de gestão!

As tecnologias modernas disponibilizam a solução ideal para cada necessidade, inclusive para gestão de frotas agrícolas.

✔Acompanhe os indicadores da gestão.

✔Registre o desempenho de cada equipamento da sua frota.

✔Tenha total controle sobre os abastecimentos.

✔Esteja sempre em dia com as manutenções.

✔Reduza os custos e aumente sua capacidade produtiva.

Você precisa de um cuidado especial com a sua frota agrícola?! São muitas as dificuldades que têm aparecido nos últimos tempos no seu segmento?

Não perca mais tempo e adquira já o Sistema de Gestão para Frotas Agrícolas da PRODUSOFT. Você irá se surpreender com todas as nossas funcionalidades idealizadas especialmente para a sua atividade.

Conheça já as nossas soluções e experimente o que muito de nossos clientes já aprovam!

Clique no link disponível abaixo e não deixe de preencher o formulário para receber uma demonstração 100% gratuita do nosso sistema.

PRODUFOST – Há mais de 29 anos no mercado proporcionando a melhor experiência para a Gestão de Frota.

Clique na imagem abaixo e siga-nos nas redes sociais.

Acompanhe nossas redes sociais, fique por dentro dos nossos conteúdos e saiba mais sobre as melhores práticas de gestão de frota!

Como codificar produtos (peças e materiais) para um bom controle de almoxarifado, compras e gestão de frotas

Montar um bom cadastro de produtos (peças e materiais) é o ponto chave para uma boa gestão de um almoxarifado, gestão de compras e também para uma boa gestão de frotas.

Para isto é altamente recomendável classificar os produtos por grupo.

A seguir uma sugestão de grupos de produtos referentes a veículos e equipamentos de uma frota.

 

E mais uma lista de grupos de produtos utilizados em outras áreas da empresa.

Uma vez classificados todos os produtos, recomendamos criar uma numeração sequencial destes produtos dentro de cada grupo.

Uma boa prática pode ser deixar intervalos nesta numeração sequencial para inserção de novos produtos numa sequência lógica.

Voltaremos neste assunto em breve.

Gestão de Multas

Neste primeiro semestre de 2015 a Produsoft desenvolveu muitas melhorias no Módulo de Gestão de Multas do Sistema Produsoft de Gestão de Frotas.

  • Novos relatórios.
  • Nova Grid de consultas.
  • Gestão de Multas NIC (Não Indicação do Condutor)

Vejam o video GESTÃO DOS CUSTOS DA FROTA